Pages

domingo, 17 de agosto de 2014

Dicas de Putting

Para embocar mais o que você precisa é colocar as dicas de golfe e instruções em pratica”. Para um golfista conseguir os objetivos que ele(a) fixou-se, precisam ter aquilo que é descrito como um ” golfista completo” Seus objetivos podem ser para completar uma volta em menos de 100 tacadas ou vencer os US OPEM ou um campeonato mensal precisam ter atenção a todos os aspectos do jogo e definir as suas próprias metas reais para cada buraco.. Daí todas as sugestões são bem-vindos especialmente as dicas.de golfeIsto traduz estatisticamente para o fato de que, em uma partida de 100 tacadas um jogador deve permitir que 40 tacadas sejam de putts, ou uma média de 2,2 por buraco.
Se houver necessidade de quebrar o recorde do campo no St. Andrews por exemplo com uma rodada final de 63 para vencer o British Open, você terá concluir a volta, com um total de 25 putts, ou 1,7 putts por buraco. Ou menos.
Embora seja difícil de igualar estatísticas com esporte, o golfe é um jogo que idealmente se presa a isso. Não é por acaso que os grandes profissionais “andam no campo” antes de um grande torneio geralmente acompanhado por seu caddie.E estudam cada buraco.
Eles vão estudar a “caida” dos greens e tentar avaliar quase todos os cenários que possam ocorrer após a sua tacada. Cada putt mal calculado poderá ser catastrófico. A perda de um lote de prestígio e dinheiro.
Para o golfista iniciante a não ser que eles não tenham objetivos de melhorar o seu jogo e seu handicap, deve seguir os mesmos passos
. Eles deveriam esforçar-se para pegar o maior numero de dicas e como elas podem ajudá-los.
Se eles são membros de um clube de golfe, eles podem sempre pedir uma série de aulas de golfe com o pro local sobre a forma de melhorar a sua posição, bem como a forma de calcular o peso e a direção do putt em relação as caídas dos greens
Eles podem passar algum tempo estudando os mais experientes jogadores do clube e/ou assistir torneios na TV e até mesmo investir em alguns DVD’s produzidos pelos professores e profissionais de golfe.

Equipamentos

Por equipamento de golfe entende-se o conjunto de utensílios que o jogador de golfe deverá dispor para praticar este esporte e que engloba materiais tão diversos como sejam: os tacos; as bolas;a bolsa; o carrinho; a roupa; a luva; os sapatos, além de outros apetrechos.
Os equipamentos e acessórios necessários a pratica do golfe, têm conhecido um desenvolvimento high tech excepcional na última década. Todos os anos surgem centenas de novidades que prometem ao jogador a melhoria do seu jogo. Estes sabem, melhor do que ninguém , que nada pode substituir um bom “swing” – conjunto de movimentos que permitem mandar a bola para o objetivo – mas é verdade que os progressos tecnológicos que os tacos e bolas têm conhecido permitem que estas, com mais facilidade, sejam projetadas a distâncias cada vez maiores.

Drive Easy



Para poder construir um swing mais suave para qualquer golfista.
No topo do backswing, o jogador deve PARAR por um instante para fazer a transição adequada para o downswing.Você deve em seguida deixar CAIR os antebraços e as mãos deixando que o taco venha em direção ao solo pela gravidade ao invés de puxar para baixo. Finalmente enquanto a cabeça do taco esta passando pela cintura e hora de GIRAR os braços deixando o taco ficar square no impacto.

Tacos!


OS TACOS
Os tacos ou clubs são os utensílios principais que servem para bater na bola dirigindo-a para o buraco. Existem vários tipos de tacos: as madeiras; os ferros e os putters.
Os tacos de madeira – que hoje em dia, na sua maioria, não são feitos com madeira, mas sim com grafite ou metal – e os ferros, apresentam três seções distintas: a “cabeça”, a “vara” e a “gripp” ou “pega”. A vara é ligada à cabeça através do “pescoço” ou “base”. A cabeça encontra-se dividida em outras seções: a “ponta”, a “face”, o “calcanhar” e a “sola”. As varas apresentam diversos graus de flexibilidade sendo classificadas numa das seguintes categorias: XS= ultra-rígida; S = rígida; R = regular, (normal para homens), A = amador (para seniores) e L = senhoras. As varas atuais são feitas em aço ou grafite.
As cabeças são feitas em ligas leves metálicas, tendo como base, alumínio, cobre, titanium, tungstênio, etc…
As madeiras são numeradas de 1 a 5 embora surjam já no mercado madeiras 7, 9 e 11. Estes números correspondem às características de fabricação, mas muito especialmente ao ângulo de abertura da face do taco a que se chama loft. Por exemplo, a madeira nº 1 que chamamos  habitualmente, por driver apresenta a sua face quase vertical (regra geral entre 8º e os 11º) no momento em que se bate a bola o que lhe imprime uma trajetória baixa. Pelo contrario, o ângulo da abertura da madeira nº 5 é já maior (22º) o que imprime à bola uma trajetória alta. O loft das diferentes madeiras encontra-se regulamentado, sendo todos os fabricantes obrigados a respeitar o Standard.
As madeiras classificam-se em de “saída” e de fairway, sendo as primeiras as que apresentam os números 1 e 2 ou 3 e as outras, as restantes.
Os ferros são numerados de 1 a 9 e aos quais se juntam ainda o pitching-wedge a que por vezes se chama o numero  10, e o sand-wedge. Os ferros classificam-se em três grupos: os ferros longos, do 1 ao 4; os médios, do 5 ao 7; e os curtos, do 8 ao sand-wedge.
Os ferros 1 e 2 desapareceram, praticamente, do conjunto .são comprados isoladamente à unidade. Os jogadores de nível médio, regra geral, não os utilizam por ser difícil, bater a bola com eles. Para efetuar uma boa tacada é preciso bater a bola no lugar exato da face do taco, no sweet-spot o que se torna tão mais difícil quanto maior for o comprimento da vara.
O loft dos ferros aumenta em função inversa do seu comprimento atingindo os 60º e 61º nos sand-wedge e Lob-wedges. Com uma tal inclinação da face do ferro consegue-se bater a bola elevando-a muito na vertical.
Se considerar o conjunto dos ferros do nº 3 ao nº 7, estes permitem ao jogador médio efetuar batidas que vão dos 150 a
 200 jardas, isto é, bater a distâncias que variam, entre ferros seguidos, de 10 jardas .Os ferros curtos, por sua vez, permitem alcançar as seguintes distâncias: ferro 8 = 140jardas ferro 9 = 120 yds; ferro 10, pitching-wedge = 90 yds  sand-wedge = 65 yds e, lob-wedge = 50 yds.
Os putters apresentam-se no mercado com as mais variadas formas . As varas são fixadas na cabeça do putter em diversas posições. O peso do putter varia entre os 420 e os 540 gramas apresentando-se com varas com comprimentos de 82 a 90 cm.
O putter é um taco muito pessoal devendo cada jogador usar o modelo que lhe transmita maior confiança.

Porque golfe !!!



O Golfe é um desafio estimulante que combina estar ao ar livre e usufruir de paisagens agradáveis. Jogar golfe não só é agradável como é uma excelente forma de fazer exercício físico. Os 18 buracos de um campo significam caminhar entre seis e sete km

O Golfe é o único esporte que:

Pode ser jogado por pessoas de todas as idades,

Se adapta à sua disponibilidade,

Pode ser jogado em grupos ou individualmente,

Pode ser jogado em vários níveis diferentes,

É social e competitivo ao mesmo tempo.

Mantenha tudo simples!

Começar sempre é a parte mais difícil. Encontre alguns pensamentos simples que possam 
ser incorporados a sua rotina de pré- tacada.
Repita essa rotina cada vez que for fazer o set up na bola.
Você cria tensão quando se concentra em posições mecânicas ao invés da tacada e do alvo.

O swing passo a passo para o sucesso de um bom golpe!

O Primeiro momento do backswing como na figura acima vocë deve deixar o taco paralelo ao chão,porém não deve ser demasiadamente para dentro dessa forma os seus ombros começam a girar de forma correta fazendo a transferência do peso da forma correta
Já na próxima etapa o taco deve ficar na mesma linha da bola como na figura acima mas mantendo ambas pernas flexionada e o braço esquerdo se for destro bem esticado.
Preste muita atenção na hora do impacto pois o quadril deve abrir antes do taco chegar  a bola para o maior controle da distância não esquecer de manter o braço esquerdo se for destro bem esticado.
Já no final do swing  mantenha o corpo  mais ereto possível .

Bola de Golfe!

Bola de golfe
Se a bola de golfe fosse lisa, ela poderia voar no máximo 130 jardas, numa trajetória completamente imprevisível, enquanto uma bola com reentrâncias na sua superfície atinge mais de 270 jardas. Reentrâncias deixam a superfície mais áspera, o que cria uma camada de turbulência de ar em volta da bola, durante o vôo. Em velocidades de 96km/h ou mais, essa camada de turbulência deixa um rastro de ar que ajuda a empurrar a bola. O peso de uma bola de golfe não deve ser superior a 45g93. O diâmetro da bola não deve ser inferior a 42mm67. As reentrâncias que existem nas bolas de golfe são chamadas dimples. Existem de 380 a 430 dimples em cada bola, dependendo do fabricante.

AULAS DE GOLFE

sauipe-022Se o seu plano for somente tomar uma aula para o resto de sua vida golfistica,eu recomendo que o ideal é ter atenção nos seguintes requisitos: O grip,stance,alinhamento,posição da bola e desenvolver uma pré rotina isso vai ajuda-lo na parte mental e físico em suas partidas de golfe sempre .

Texto do Bob Rotella in ‘Golf Is Not A Game Of Perfect’

Aulas de golfe é qualidade e não quantidade !!!

Pensamento positivo


ist2_5428456-golf-g-design 
É difícil às vezes, mais é importante usar o pensamento positivo antes de cada tacada.
Posicione-se atrás da bola e visualize um perfeito tiro!Faça isso antes de cada tacada e certamente você ira progredir.

Um por vez!

cropped-imagem-040.jpgQuando estiver trabalhando na parte mecânica de seu swing, verifique um problema de cada vez dessa forma você poderá vez o resultado imediato, tentar mudar vários vícios de uma só vez isso só vai fazer ficar mais difícil de reencontrar a forma mais simples e fácil de ajustar o seu novo swing.

Perfeito Swing de Golfe – Como desenvolver

clinica-08

Perfeito Swing de Golfe – Como desenvolver
Verdadeiros artistas aprender sua arte na sala de aula e constroem sua arte fora dela com uma mente clara. Esta abordagem ajudará a desfrutar do desenvolvimento da arte de golfe. Sobre o driving range e em uma aula você pode trabalhar em cada swing a parte mecânica, mas isso irá destruir o seu jogo. fora no campo de golfe é a hora de limpar sua mente. Quando você fizer um swing você deve estar pensando apenas de onde você deseja que a bola vá.Técnicas e pensamentos neste momento irá, quase seguramente, a destruir sua tacada.

Ajuda todos precisam

impacto rapido

“Se você jogar mal um dia, esqueça-o.

Se você jogar mal no dia seguinte, é o caso de rever os fundamentos do jogo,
seu grip, seu stance, a direção e a posição da bola. A maioria dos erros é
cometida antes de balançar o taco.

Se você jogar mal pela terceira vez seguida, é o caso de contratar o melhor
professor do clube.” Harvey Pennick.”

Equipamentos

Equipamentos
Equipamento e AcessóriosO número máximo de tacos que um jogador, em competição, pode transportar na bolsa é de 14, tal como é imposto pelas Regras de Golfe definidas pelos dois organismos que tutelam este esporte, em ampla coordenação, o Royal and Ancient Club of St. Andrews (U.K.) e a United States Golf Association (U.S.G.A.).Como se torna evidente o jogador não pode transportar os tacos na mão, daí que utilize para o efeito uma bolsa, que poderá ser feito de material plástico ou couro,sendo, estes últimos, evidentemente muito mais caros. As bolsas apresentam-se com diversos tamanhos e modelos, com bolsas destinadas ao transporte de roupas, bolas, alimentos e bebidas, etc…as bolsas, por sua vez, podem ser transportados pelos jogadores, nas costas, se estes forem leves, ou num carrinho o qual poderá ser puxados pelo jogador ou pelo seu caddie – acompanhante do jogador que transporta a bolsa e que se tiver bons conhecimentos do jogo e do campo, pode funcionar como conselheiro do jogador, como é, em geral, o caso dos caddies dos profissionais.Hoje em dia começam a ser muito utilizado o chamado carts elétrico, de duas ou três rodas, munidos de motor (es) elétricos que aliviam o peso ao puxar.Outro veículo de transporte, que neste caso carrega as bolsas e os próprios jogadores, é o cart ou buggy. Note-se que este veículo, acionado a gasolina ou por baterias elétricas, não sendo autorizado em todos os campos de golfe e, naqueles onde são permitidos, têm de transitar em caminhos próprios.Em campeonatos a utilização desta facilidade de transporte é, regras gerais, interditas só podendo ser autorizada mediante atestado médico.Os sapatos, as luvas, as roupas, em especial, as de chuva, são outros tantos acessórios que o jogador de golfe terá que dispor antes de começar a percorrer um campo de golfe.Começando pela roupa, aquilo que importa dizer, como generalidade, é que esta deve ser confortável. Normalmente usam-se calças largas e camisas (polos). Note-se que a utilização de jeans ou calções curtos não é permitida na maioria dos campos, tendo muitos avisos com o tipo de vestimentas que não pode ser usada ou a que é aconselhada para o efeito.Quanto à roupa de chuva, esta é fundamental, e com tempo instável deverá estar sempre acondicionada na bolsa de golfe. O golfe é um esporte que convém não esquecer, que é praticado muitas vezes debaixo de chuva, pois esta não é elemento impeditivo da prática do jogo – salvo se o percurso estiver alagado – por isso, além do fato,a roupa de chuva é um companheiro indispensável do jogador. A pratica do golfe – com o campo não alagado – só é suspensa em torneio quando se verifiquem trovoadas, para não colocar os jogadores em risco de raios. Em caso de trovoada a equipa técnica, responsável pelo torneio, tem a obrigação, conforme ditam as regras de golfe, de interromper o jogo até passar a “tormenta” ou, de o suspender até ao dia seguinte.Os sapatos são outro acessório fundamental que têm características estruturais muito próprias sendo a natureza dos materiais em que são feitos muito diferentes, consoante se destinem a se utilizados em dias de chuva ou em tempo seco.Tradicionalmente os sapatos de golfe de couro ou de outro material, possuem pequenos spikes na sola do sapato, isto para garantir a melhor fixação dos pés dos jogadores ao chão, no momento da tacada. É evidentes que se jogasse o golfe com sapatos comuns ou de tênis e em especial com tempo úmido os pés deslizariam no chão com facilidade, fazendo com que o corpo do jogador saísse da posição correta ao efetuar a rotação, falhando, inevitavelmente, a tacada.A luva é também um utensílio importante para a maioria dos jogadores, pois aumenta a aderência da mão ao punho aumentando a eficácia da tacada. Existem luvas de pele e de outros materiais, umas mais adequadas ao tempo seco outras mais próprias para suportar a chuva. Existem luvas para destros que as usam na mão esquerda e para canhotos que as utilizam na mão direita. Muitos jogadores e a maioria dos profissionais tiram a luva para efetuar os putts, isto para melhor “sentirem” o putt nas mãos.

sábado, 16 de agosto de 2014

A escolha certa


 

Em buracos com ambos os lados bem protegidos,sempre escolha a opção mais segura por exemplo ao invés de usar seu poderoso driver use um hibrido ou até mesmo um ferro com loft baixo.

O Swing Perfeito não existe!!


sauipe-022
 O Swing perfeito Não existe.
Quem joga com o perfeito Swing de  Golfe? A resposta é ninguém Pegue os dez melhores swing dos melhores jogadores da atualidade e coloque todos juntos. Cientificamente, todos eles são ligeiramente diferentes. Por conseqüência, nenhum deles pode ser dito o perfeito. Por outro lado e lembrar isto – Mesmo os grandes golfistas jogar mal algumas tacadas. Certamente iria exigir que a perfeição não é assim. Vamos enfrentá-lo, a única diferença entre eles e nós é o percentual de bons tiros, em comparação com as mas tacadas. A tarefa para nós é apenas para reduzir essas percentagens. Nós todos podemos ter a experiência de jogar, e dessa forma ter também um swing perfeito, não é verdade?